Faltou a prometida alma, Abel!

Não foi uma boa jornada a do Flu quarta à noite, contra o Botafogo, no Maracanã.

Depois do empate em Salvador no fim de semana, o time tornou a jogar mal, errar passes em profusão e acabou derrotado por 1 a 0 no Clássico Vovô.

Acresce que um dos jogadores com mais recursos do elenco, Gustavo Scarpa, parece fora de sintonia e, desde que regressou de grave lesão, não conseguiu mais se reencontrar.

Contra o Alvinegro, um time tarimbado e competitivo, o Tricolor pouco ameaçou.

O único lance de real perigo que levou ao gol de Jefferson se deu aos 32 minutos do segundo tempo, quando o garoto Matheus Alessandro, com pose e tudo, cabeceou na trave, quando estava absoluto no lance, de frente para a baliza.

O Botafogo foi mais insinuante, chegou com frequência ao gol de Júlio César, que fez defesas salvadoras no primeiro, e também carimbou a trave – duas vezes, uma em cada tempo.

Ao contrário de outras partidas em que o Flu não levou mas lutou, nesta, o Tricolor não seguiu a cartilha de Abel e esteve sempre disperso, fora do jogo.

À exceção de Calazans – e talvez de Júlio César, que não teve culpa no gol de cabeça de Roger –, pode-se dizer que praticamente toda a equipe esteve mal.

Até Wendel, que não se omitiu, mas que também não teve sucesso na maioria das ações que tentou.

O Flu perdeu em um lance que pegou mal para a sua defesa – o atacante alvinegro nem saiu do chão para cabecear.

Contra o Coritiba, domingo, terá o desfalque de Henrique, que recebeu o terceiro cartão amarelo.

Outro que pode nem ser mais relacionado é Wellington Silva, vendido por US$ 4 milhões para o Arsenal, que exerceu seu direito de compra e que irá revendê-lo ao Bordeaux (FRA), interessado no atleta tricolor.

Uma pena, já que Wellington Silva exerce função tática importante no Fluminense, abrindo espaços e furando defesas com dribles e muita velocidade.

Ciente do enfraquecimento do poderio ofensivo do time com a saída do atacante, Abel cobra imediata reposição.

E está certo em fazê-lo.

O Flu tem bons valores em seu elenco, mas não convém brincar com fogo.

O time segue pertinho do G6, mas também não está tão distante do Z4.

Resta saber para que lado o clube vai querer direcionar a sua mirada.

______________________________________________________________________________________

E-mails para esta coluna: joaogarcez@yahoo.com.br

Curta a nossa fanpage: https://www.facebook.com/BlogTernoeGravatinha/

Leia também as opiniões deste colunista no portal NETFLU: http://www.netflu.com.br/author/joao/